quinta-feira, agosto 06, 2009

Estacionamento abusivo em Santo André – Parte II

Caros conterrâneos ... tive conhecimento que a Junta de Freguesia de Santo André (JFSA) distribuiu recentemente pelos moradores do Bairro dos Serrotes um comunicado (ver em baixo), apelando para que o estacionamento dos automóveis não ocorra na via publica. Em primeiro lugar gostaria aqui de deixar a minha palavra de apreço por esta iniciativa. Ela revela determinação e coragem por parte do Presidente Jaime Cáceres.

Prosseguindo ...

Como se pode ler no comunicado, numa primeira fase este apela à compreensão das pessoas para que respeitem o espaço reservado a peões e, com isso, preservem igualmente o pavimento das ruas, uma vez que a circulação de carros contribui para a sua degradação. Numa segunda fase é feito o aviso de que a Junta de Freguesia dará conhecimento do comunicado à GNR, para que esta actue em conformidade com a lei.


É minha convicção de que esta segunda fase não irá ocorrer. Julgo que o bom senso irá ganhar. Porquê? Porque todos reconhecem e elogiam o facto de Santo André ser uma Cidade tranquila para se viver, onde existe espaço para tudo e para todos. Este é um dos principais argumentos que frequentemente utilizamos para nos superiorizarmos aos “outros”, leia-se cidades atafulhadas de prédios+pessoas+carros onde a qualidade de vida só está acessível aos mais ricos. Se este é um dos nossos principais trunfos para sermos dos melhores, não o vamos querer certamente destruir. É por isso que eu acredito que o bom senso irá prevalecer.

Assim, espero daqui a algum tempo estar a publicar o terceiro e último post sobre esta temática, e cujo titulo será:

«Estacionamento abusivo em Santo André – Um Exemplo para as outras Cidades»

Quase a terminar ...

O comunicado ao qual tive acesso, e que aqui coloco, dirige-se somente aos moradores do Bairro dos Serrotes. Existem outros Bairros onde esta situação ocorre, como é o caso do Bairro Atalaia Norte (Lagartixa) e o Bairro das Torres. Não sei se este documento foi também distribuído pelos moradores destes Bairros. Caso não tenha sido, fazia todo o sentido que assim fosse.

Em nota de rodapé, deixo aqui uma frase de um autor desconhecido:

A grandeza de uma Cidade é medida, não só pela altura dos seus prédios, mas também pelo carácter dos seus habitantes.

Revival "Dias Atlânticos" - O Rescaldo

Caros internautas ... o espaço que se segue é da exclusiva responsabilidade do seu interveniente ;-) ...

«Antes de mais gostava de dar os parabéns a quem teve a ideia e a levou a cabo até ao fim.

Foi óptimo o Revival "Dias Atlânticos", parecia daqueles casamentos de família onde só se vê aquele primo que está na França de ano a ano.

Mas mais do que proporcionar momentos de felicidade a muitas pessoas, esta festa, para mim, veio provar que falta uma alternativa a quem quer sair e divertir-se no L.A. (Litoral Alentejano).

Vídeo - Flashes da Noite
video

Nem era preciso haver uma discoteca, mas mais festas ao longo do ano até era bom.

Espaços não faltam, imaginação também não e esta festa provou que pessoas também não é problema, por isso ou a mesma equipa ou alguém que meta as mãos à obra.

E já agora ... bom verão.»

Autor: RM