terça-feira, novembro 24, 2009

Apresentação do Projecto do Lar de Idosos

A construção do Lar de Idosos, em Vila Nova de Santo André, é uma aspiração antiga e premente, tendo em conta o envelhecimento da população, mesmo numa das cidades mais jovens do país.

O projecto do Centro Social Paroquial de Santa Maria, orçado em 5 milhões de euros, prevê a construção não só do Lar (com 48 camas), mas de um equipamento integrado, que inclui a prestação de Apoio Domiciliário (para 80 utentes), um Centro de Dia (para 50 utentes) e ainda, a pensar nas famílias jovens e nos mais pequenos, a construção de uma Creche (para 33 crianças).


No dia 8 de Dezembro venha conhecer o projecto e participe no início da campanha de angariação de fundos, cuja primeira acção é precisamente o Almoço Multicultural, que decorrerá na Escola Secundária Padre António Macedo em Santo André.

+ info: http://juntospelolar.blogspot.com

5 comentários:

José Silva disse...

Finalmente um desjo antigo que será concerteza concretizado.
Gostava de saber a sua localização.
Espero que o terreno atribuído pela Câmara tenha sido escolhido com critério.
Digo isto pois temos assistido permanentemente a más escolhas efectuadas pela autarquia, que colocam em risco o desenvolvimento urbanistico desta nossa terra e ideias para o futuro.
Espero que não seja, como ouvi alguém comentar, situado entre a via rápida e a antiga Caixa Geral de Depósitos (Pôr do Sol).
Pensem bem antes de fazerem asneiras. O futuro dará resposta ao que estou aqui a dizer.
Eu pessoalmente ando um pouco cansado da falta de visão dos nossos governantes.
E o que setrata é de VISÂO apenas.
Parabéns à paróquia.
José Costa

Anónimo disse...

Efectivamente a localização é a que indica. O espaço compreende a área que vai desde a Nova Igreja até à Avenida que defronta a Loja dos Chineses, do outro lado da rua - no edifício das Torres...
Mas, tendo outra visão dos espaços porue não vem até à apresentação pública e sugere, de boa fé, o que entende ser uma melhor solução? Muitas cabeças juntas pensam melhor... Venha daí! Há muito a fazer. E todos seremos poucos!

António Carlos disse...

INCOMPETENTES!!!!!!
Realmente, penso que o senhor José Silva tem razão.
Há muitos anos que se fala em desanexar a via rápida que atravessa Santo André, ao meio, integrando-a na cidade, ligando ambas as partes com passagens desniveladas e rotundas.
Sem que os peões corram risco de vida e transformando esta terra numa verdadeira cidade.
Isso é o futuro para quem tem VISÃO.
Dessa forma seria ali criada uma nova avenida que iria dar grande qualidade de vida para esta terra.
Infelizmente nem os exemplos do Marquês de Pombal, considerado um louco na sua época, são tidos em conta.
É triste sermos desgovernados desta forma, por pessoas incompetentes e sem capacidade de ver mais além.
É triste, incomoda-me, mas nós os que aqui vivemos só temos o que merecemos.
Cheira a oportunismo e tenho a certeza que o futuro vai-me dar razão.
Aos poucos estão a destruir Santo André. É tudo uma questão de tempo.
Um Político é um oportunista que governa a pensar nas eleições com total menosprezo por aqueles que não concordam consigo, um Estadista é aquele que governa a pensar nas gerações futuras.
Aqui esqueceu-se definitivamente aqueles que irão herdar esta terra.
Atenção, nada tenho contra a paróquia, até os parabenizo pela iniciativa.
BEM HAJAM

Oscar disse...

Felicito o Sr. José Silva pela sua iniciativa e pelo seu comentário. Hoje, dizer aquilo que se pensa é um acto heróico. Quem não é a favor do "politicamente correcto" é desconsiderado pelo sistema.
A localização do Lar de Idosos nas traseiras da C.G. D. é um indicador de falta de visão dos nossos dirigentes politicos e dos promotores do projecto. Implantar um projecto desta importância num terreno que não tem possibilidade de expansão a curto/médio prazo é comprometer a qualidade desse projecto e desperdiçar dinheiro. Santo André tem inúmeras alternativas de localização de um empreendimento deste tipo. A C.M.S.C. prima pela obra mesquinha em Santo André.
O.F.

Patrícia disse...

Realmente concordo com alguns comentários que aqui foram feitos. Penso que a possibilidade de futuras expansões se assim forem necessárias estará um pouco limitada depois pelo espaço. Contudo, penso que o mais importante é realmente a iniciativa da paróquia que primou pela visão de bem-estar da população idosa que temos na nossa linda cidade. O idoso neste momento encontra-se um pouco desemparado pelo falta de alternativas que muitas vezes não são dadas por aqueles que deveriam.
O facto de existir um projecto que ao mesmo tempo possa oferecer emprego (aos jovens e não só) e auxiliar nas necessidades que a população idosa tem é um facto a louvar. Já tive a oportunidade de trabalhar num lar, e de facto penso que foi das experiencias mais enriquecedoras que alguma vez vivenciei na vida. Ao contrario do que se pensa os idosos são pessoas que sabem dar muito de si sem pedir nada em troca.
Um bem haja a todos os que contribuiram para esta iniciativa e agora vamos arrancar com toda a força para que a concretização deste projecto seja feita o mais breve possivel.